sexta-feira, 7 de outubro de 2016

S@S - Drogas

26 Comentários:

Às 9 de agosto de 2018 20:58 , Blogger Unknown disse...

A percepção de Promoção da Saúde comentada pelo convidado está quando ele fala sobre a necessidade de levar informações para os jovens para que os mesmos conheçam as drogas e assim não as utilizem de forma inadequada, reduzindo dessa forma os danos. Além disso, ele aborda a importância de incentivar a família a dar apoio e colaborar para que o usuário sinta-se capaz de procurar tratamento e também ressalta a importância do encaminhamento para psicólogos e médicos e também para determinados grupos, exemplos: AA. Já em relação a Prevenção, ele ressalta que para prevenir a utilização de drogas entre os jovens é necessário ter uma abordagem adequada e também ele evidencia a relevância de se discutir a temática nas escolas, onde se tem um grande público jovem.

Cleycivânia Alves Gomes

 
Às 9 de agosto de 2018 21:10 , Anonymous Maria Alailce Pereira disse...

Para o entrevistado a Promoção de Saude, deve estar voltada para o fornecimento de informações sobre as drogas para os usuários, assim, estes podem reduzir danos causados pelas mesmas e ainda estimula-los a buscar ajuda e tratamento. Já a prevenção para ele, está deve estar voltada para diálogos sobre o tema em escolas, para que os jovens possam ter mais contato com o tema e conheçam os malefícios que estas podem causar.

 
Às 12 de agosto de 2018 11:39 , Anonymous Rute Lopes disse...

O entrevistado evidencia a prevenção ao destacar a necessidade de se abordar adequadamente o tema, esclarecendo os malefícios e benefícios do uso de drogas de modo a previnir eficazmente a utilização de drogas entre o público em questão, por meio de uma discussão mais pronunciada nas escolas e em demais espaços propícios.
Já como medidas de promoção são destacadas a disseminação de informação aos jovens pertinentes aos risco da utilização inadequada. Orientando e tomando iniciativas resolutivas que sejam acessíveis e alcançáveis para o público em questão. Encaminhar para grupos terapêuticos, para psicólogos e médicos e incentivar a participação da família.

 
Às 12 de agosto de 2018 11:49 , Blogger Ana Carolina Fernandes disse...

A Promoção da Saúde para o entrevistado é considerada como orientações realizadas por meio de informações sobre as drogas, que possibilite que o indivíduo, o usuário, seja responsável em tomar suas próprias decisões, a fim de reduzir os prejuízos das drogas. Já a prevenção para o convidado é tida como uma aproximação adequada que deve acontecer para prevenir o uso de drogas, apresentando os danos, podendo isso ser realizado por meio de palestras em escolas que abordem a temática.

Ana Carolina Fernandes Pinheiro.

 
Às 12 de agosto de 2018 12:16 , Blogger Unknown disse...

O convidado percebe a promoção de saúde por meio de informação e orientação sobre o uso de drogas para que assim possa tornar o usuário ativo na sua reabilitação e promover a redução de dados. A prevenção para o convidado é algo que deve incluir uma abordagem adequada da temática que traga essa discussão, na educação de base, a cerca do que o uso de drogas pode acarretar ao individuo.
Taiane Ponte da Silva

 
Às 12 de agosto de 2018 13:04 , Anonymous Sarah Raquel Rebouças Fernandes Campos disse...

De acordo com o convidado, a promoção de saúde se dá pela questão do tratamento médico, que ira depender do tipo de droga e do estágio de dependência do usuário. Ainda se chama a atenção para a necessidade de acompanhamento e orientação psicológica. Não pode-se esquecer também do fator familiar deste usuário. É necessário o apoio familiar, o reconhecimento da dependência e a colaboração familiar para que o dependente se sinta motivado e capaz de lidar com o vício. Pode-se ainda, utilizar os grupos de apoio AA e NA como forma de lidar com a dependência. Além dos CAPS com seus atendimentos especializados
O sentido da prevenção, de acordo com o convidado, é que as pessoas conheçam todo o contexto que está envolvido em relação as drogas para que os mesmos consigam tomar uma decisão consciente pelo uso ou não da droga.

 
Às 12 de agosto de 2018 17:32 , Blogger Unknown disse...

A percepção do convidado quanto à promoção de saúde relacionado ao uso drogas se dá por meio de medidas de educação em saúde ao levar informação para os jovens para que eles se empoderem do assunto e isso contribua para o não uso inadequado das mesmas, dessa forma reduzindo os danos. No incentivo do apoio familiar para colaborar para que o usuário se sinta capaz ou encorajado de se tratar e com encaminhamentos para grupos de apoio como o AA, bem como para psicólogos e médicos.
Em relação a prevenção da saúde o convidado considera uma abordagem adequada sobre as drogas para prevenir a utilização destas entre os jovens com ações que mostrem seus benefícios e malefícios à saúde, bem como a discussão da temática nas escolas, para que a informação seja dada e com isso possa conscientizar os jovens.
Suianne Braga de Sousa

 
Às 13 de agosto de 2018 09:55 , Blogger Unknown disse...

O convidado percebe que a promoção de saúde relacionada ao uso drogas se dá atravea de medidas de educação em saúde levando informações para os jovens para que se empoderem do assunto e contribuindo assim para o uso inadequado das mesmas e ate mesmo a nao utilização, reduzindo os danos. O incentivo do apoio familiar é impressindivel para que o usuário se sinta capaz ou encorajado de se tratar, junto ao encaminhamento para grupos de apoio como o AA, bem como para psicólogos e médicos.
Em relação a prevenção da saúde é considerada uma abordagem adequada sobre as drogas para que haja a utilização destas entre os jovens com ações que mostrem seus benefícios e malefícios à saúde, bem como a discussão da temática nas escolas, para que a informação seja dada, levando à conscientizacão dos jovens.
Brenda Silva de Souza

 
Às 13 de agosto de 2018 10:15 , Blogger Vitoria Maria Rodrigues disse...

O convidado aborda a promoção de saúde relacionando o uso de drogas à medidas de promoção de saúde, tentando disseminar conhecimento sobre o assunto para empoderar os jovens envolvidos no assunto; traz uma política de redução de danos tentando diminuir o uso inadequado das drogas e evitar possíveis danos maiores a saúde desses jovens. A esse processo, ele atrela o apoio da família na política de redução de danos e, ainda, na procura de tratamento e até mesmo na adesão à esse tratamento, e no envolvimento dessas pessoas e grupos de autoajuda e até mesmo no atendimento de psicólogos e médicos.
Na abordagem de prevenção de danos, ele traz que sejam realizadas ações de exposição dos malefícios e benefícios das drogas para a saúde dos seres humanos, com fim de evitar o início do uso dessas drogas, ele traz também a possível discussão do tema nas escolas para atingir jovens e até mesmo crianças.

Vitória Maria Rodrigues dos Santos

 
Às 13 de agosto de 2018 19:37 , Anonymous Anônimo disse...

Quando o convidado fala sobre promoção de saúde, ele ressalta a necessidade de levar informações/orientação aos jovens sobre o contexto que envolve a droga, baseado nisso o jovem precisa saber dos malefícios, conhecer quais são as dogras, quais sensações elas podem causar, o que pode acontecencer se o jovem fizer uso, dentre outros. Então, a principal percepção a respeito da promoção é a necessidade de informação/orientação.
Já quando ele fala de prevenção, ele vai adentrar no contexto escolar de jovens que estão no ensino fundamental, usando estratégias adequadas para levar informações a esses jovens sobre o mundo da droga, não mostrando apenas os malefícios, mas tudo que ela pode causar no usuário e na vida deste, deixando que o jovem a partir disso decida se vale a pena ou não utilizar drogas.
Viviane Gomes De Oliveira Brito

 
Às 14 de agosto de 2018 09:31 , Blogger Unknown disse...

Em relação a promoção da saúde o convidado aborda a questão da informação sobre o uso das drogas de maneira que diminua os riscos para a saúde, pois muitos jovens ao viverem em um contexto de vulnerabilidade não possuem o conhecimento necessário para diminuir os efeitos danosos do uso de drogas.E com relação a prevenção,o indicado são as abordagem nos locais de convívio desses jovens levando também informação, a fim de expor sobre os prejuízos do uso de drogas e promover reflexões sobre a temática, isso pode ser feito através de palestras, rodas de conversas ou jogos.

Karolyny Dias Gomes

 
Às 14 de agosto de 2018 12:53 , Blogger Unknown disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
Às 14 de agosto de 2018 12:58 , Blogger hugo pinheiro disse...

Sobre a promoção da saúde, o convidado fala sobre educação em saúde no que diz respeito ao uso de drogas, ele busca minimizar os riscos para a saúde dos jovens que vivem em um contexto de vulnerabilidade. Em relação a prevenção, pelo que entendi, ele aconselha realizar as abordagens nos locais onde os jovens estão inseridos, tais abordagens seriam voltadas para a informação, levar informação para que os jovens possam ter um maior conhecimento sobre os danos que o uso das drogas podem causar

Hugo de Souza Pinheiro

 
Às 15 de agosto de 2018 12:38 , Blogger Unknown disse...

Pode-se notar pela fala do entrevistado que a sua concepção de promoção de saúde se dá quando ocorre a necessidade falar de falar pros jovens, que fazem uso de drogas, sobre o uso inadequado, os prejuízos e malefícios que podem ocorrer, incentivando uma política de redução de danos. Ele ressalta a importância do apoio familiar, da adesão terapêutica e do envolvimento dos usuários em grupos de apoio, como por exemplo, os alcoólicos anônimos.
Em relação a prevenção em saúde, o entrevistado fala a importância de se trabalhar com os jovens a temática das drogas de forma didática e educativa, o que ele cita como exemplo o trabalho realizado nas escolas com jovens, falando dos benefícios e malefícios do uso das drogas.

Évilla Rayanne Oliveira de Sousa

 
Às 15 de agosto de 2018 12:49 , Blogger Sabrina Bezerra disse...

O convidado evidencia que a promoção de saúde se dá pela questão do tratamento médico, depende do tipo de droga e do estágio de dependência do usuário. E é importante a necessidade de acompanhamento e orientação psicológica. Não esquecendo também do fator familiar deste usuário. É necessário o apoio e a colaboração familiar para que o dependente se sinta motivado e capaz de lidar com o vício. Importante tambem utilizar os grupos de apoio AA como forma de lidar com a dependência. Além dos CAPS com seus atendimentos especializados no sentido da prevenção. de acordo com o convidado, é que as pessoas conheçam todo o contexto que está envolvido em relação as drogas para que os mesmos consigam tomar uma decisão consciente pelo uso ou não da droga.

Sabrina Alves Bezerra

 
Às 15 de agosto de 2018 13:16 , Blogger Luana Barbosa disse...

O entrevistado em relação a promoção da saúde aborda esta principalmente como a redução de danos, provendo informação ao usuário e também em como o apoio da família pode ajudar o mesmo. Em relação a prevenção ele evidencia a informação, atrelando os malefícios que o uso das drogas pode trazer. É importante um ambiente seguro para discussão, como rodas de conversa a fim de promover uma conscientização por parte dos jovens.

Luana Barbosa de Sousa

 
Às 15 de agosto de 2018 13:17 , Blogger ana paula Nana disse...

Com relação a promoção da saúde o convidado aborda a informação sobre o uso das drogas de modo para que as complicações pelo uso sejam reduzidos, pois muitos jovens se encontram no contexto de vulneravilidade e não possuem o conhecimento e subsidos para diminuir os efeitos danosos do uso de drogas. Para a prevenção,a abordagen nos locais de convívio social desse grupo, promovendo a informação, a fim de demonstrar os prejuízos do uso de drogas e promover uma visão critica sobre a isso, podendo ser feita através de teatro, rodas de conversase palestras, por exemplo.


Ana Paula Pessoa da Silva

 
Às 15 de agosto de 2018 15:07 , Blogger Unknown disse...

A promoção de saúde para o entrevistado é realizada através de Educação em Saúde para os jovens em relação ao uso de drogas e informações sobre as consequências para a sua vida. É abordado também a redução de danos como um meio de promoção de saúde e o empoderamento dos jovens sobre o assunto. Em relação a Prevenção, ele dá enfase a informação e abordagem da temática nos lugares em que esses jovens costumam conviver, para que assim eles adquiram o conhecimento sobre os danos e malefícios que as drogas podem causar.
Rayane Adle da Silva Nascimento

 
Às 15 de agosto de 2018 18:29 , Blogger Thaynnara Gomes disse...

A percepção do convidado em relação a promoção da saúde é através da educação em saúde, com a utilização da orientação e do diálogo, assim como o uso de outras abordagens, como dinâmicas e jogos, que possuem caráter bidirecional, com trocas de experiências e aprendizados entre os envolvidos. Assim como, a utilização da política de redução de danos e o apoio dos profissionais e familiares perante estas situações. Com relação a prevenção, segundo o convidado, a realização dessa promoção da saúde pode ser feita em locais específicos onde se encontram grupos de vulneráveis devido a escassez de informação, levando assim o conhecimento para essa população sobre os riscos e malefícios da droga, trazendo a autonomia aos indivíduos em questão.
Thaynnara Gomes Ferreira

 
Às 15 de agosto de 2018 19:57 , Blogger Unknown disse...

A percepção do convidado sobre a promoção de saúde no contexto do uso de drogas está pautada em uma abordagem que ressalta a importância de orientar e promover o conhecimento dos jovens sobre os efeitos do uso de tais substâncias, a fim de reduzir danos. Além disso, outras abordagens como o incentivo ao usuário para buscar tratamentos, por meio de grupos como os AA ou através de CAPS também foram citados. O incentivo ao apoio familiar também foi bastante pontuado. Em relação à prevenção, ele atenta para a realização de abordagens nos locais onde os jovens convivem, como exemplo as escolas, com a finalidade de disseminar o conhecimento sobre os riscos do uso de tais substâncias para que, dessa forma, os mesmos adquiram capacidade de decisão consciente.

Sarah Lídia Fonteles Lucena

 
Às 19 de agosto de 2018 10:01 , Blogger Fernanda Abrantes disse...

Promoção da saúde: o convidado apresenta a percepção de que no contexto do uso de drogas é necessário levar informação para os jovens, tendo em vista que a partir da conscientização desses , os mesmos passaram a não utilizá-las de forma inadequada, reduzindo assim os danos.
Prevenção: pode-se notar na fala do convidado que para realizar a prevenção é preciso realizar abordagens adequadas nos locais em que os jovens estão inseridos, como, por exemplo, discutir e refletir sobre a temática nas escolas, onde para que isso ocorra existe a necessidade de capacitar e preparar os professores.
Fernanda Abrantes de Oliveira Matias

 
Às 28 de agosto de 2018 22:14 , Anonymous Anônimo disse...

Para o convidado, a promoção de saúde está relacionada com a educação em saúde aos jovens, usuários ou não de drogas, visando a redução de danos. Já a prevenção, está mais relacionada com a propagação de informações no contexto em que os jovens estão inseridos a fim de conscientizar sobre os riscos e malefícios do uso dessas substâncias.

Ynara Beatriz Holanda Marques

 
Às 28 de agosto de 2018 22:41 , Blogger Unknown disse...

Durante o vídeo é possível perceber que o professor entrevistado enfoca na importância de desenvolver políticas de prevenção ao uso de drogas e de promoção a saúde, em especial com os jovens. A partir disso, os meios mais adequados de realizar essa prevenção são jogos lúdicos e dinâmicas que possam chamar a atenção de crianças e adolescentes, já que no contexto que estão inseridos, não convém ao educador proibir o uso de drogas ou utilizar medidas autoritárias. Ademais, a redução de danos foi algo bastante pautado na entrevista, visto que a promoção da saúde irá promover a conscientização dos jovens, focada em estratégias na melhoria da qualidade de vida dessa coletividade.

Beatriz Davini Sales Rebouças

 
Às 29 de agosto de 2018 15:10 , Blogger Matheus Tavares disse...

Segundo o entrevistado, no caso em questão, a promoção da saúde consiste em informar os usuários dos riscos e complicações gerados pelo abuso de drogas. As intervenções realizadas para esse grupo, são pautadas na estratégia de redução de danos, que tem como objetivo, incentiva-los a adotar alternativas de consumo mais seguras em conformidade com a realidade de cada um. Em relação a prevenção, este afirma que é fundamentada no diálogo sobre o tema, em que é abordado os malefícios das drogas e o público alvo é desencorajado a usá-las ou a fazer uso de forma consciente.

 
Às 9 de setembro de 2018 18:57 , Anonymous Anônimo disse...

Para o convidado, promoção da saúde consiste em trazer informações aos usuários sobre os malefícios da utilização dessas substâncias, assim como suas consequências. Além disso, o entrevistado trás a importância de se minimizar danos para com aqueles que estão em situação de vulnerabilidade. Já em relação a prevenção, o entrevistado trás a necessidade de se discutir sobre o assunto em ambientes que os jovens estejam inseridos, dando destaque às escolas, onde ele vê como ferramenta para a propagação dessas informações.
Paula Cíntia Costa Ribeiro

 
Às 9 de setembro de 2018 23:35 , Blogger Unknown disse...

Em relação a promoção de saúde, ele fala da necessidade da orientação sobre o consumo de drogas, numa tentativa de trabalhar com uma política de redução de danos e também aborda a importância do acompanhamento médico no tratamento e da ajuda da família, que deve reconhecer a doença, e, com esse apoio, o dependente químico se sinta capaz de vencer o vício.
Quanto a prevenção, o convidado afirma a importância de levar informações sobre as drogas e sobre as consequências de seu consumo, com uma abordagem adequada, não apenas falando como a droga é algo ruim, mas esclarecendo tanto os efeitos prazerosos que as elas trazem, como também os efeitos prejudiciais e, dessa forma, o jovem seja capaz de tomar decisões mais racionais quanto ao consumo.

Antonia Gabriela Lima Ferreira da Silva

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial